Home Artigos Tecnologia da Informação Modelos e Referências de Protocolos

Modelos e Referências de Protocolos

Introdução

Este trabalho tem por objetivo apresentar uma breve pesquisa sobre o modelo de protocolo chamado Pop 3 (Post Office Protocol) e SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) utilizados na camada de aplicação. Buscamos, compreender um pouco da sua funcionalidade de cada um dos protocolos, a sua origem , onde é utilizado e sua importância dentro da camada de aplicação.


2 Introdução aos Protocolos POP3 e SMTP

 

São protocolos que atuam na camada de aplicação do Modelo OSI e TCP/IP. Estes protocolos são utilizados para envio (SMTP) e recebimento (POP3) de e-mails.

O correio eletrônico existe desde o início da internet. Era uma das aplicações mais populares, e ficou mais elaborada e poderosa ao longo dos anos, continuando em evolução. Atualmente é uma das aplicações mais importantes e de maior sucesso da Internet. O e-mail é um meio de comunicação assíncrono (sem sincronização) e tem suas características poderosas. Dentre estas podemos destacar envio de múltiplas mensagens (spam), presença de anexos, hiperlinks, textos formatados em HTML e fotos. Apesar da grande maioria das mensagens de correio eletrônico moderno ser de texto, este também pode ser usado como uma plataforma de transmissão assíncrona de voz e de mensagens por vídeo.

No correio eletrônico existem três componentes principais:

1) agentes de usuários – permitem que usuários leiam, respondam, transmitam, salvem e componham mensagens. No final da década de 1990, agentes de usuários com interfaces gráficas de usuário (GUI) se tornaram populares, pois permitiam que usuários vissem e compusessem mensagens multimídia. Exemplos de agentes de usuários com interface gráfica: Eudora, Outlook, Messenger.

2) servidores de correio – formam o núcleo da infra-estrutura do e-mail. Cada usuário de correio eletrônico tem uma caixa postal localizada em um dos servidores de correio. Quando a mensagem é enviada por um usuário A, o seu servidor de correio (através da sua caixa postal) encaminha a mensagem para o usuário B (através da sua caixa posta localizada em um servidor de correio). Caso ocorra algum problema no servidor de correio do usuário A que o impeça de entregar a correspondência ao servidor de correio do usuário B, então, o servidor do usuário A manterá uma fila de mensagens e tentará transferi-la mais tarde. Tentativas de entrega normalmente são feitas a cada 30 minutos, não obtendo sucesso após alguns dias, o servidor de correio remove a mensagem da fila e notifica o remetente por meio de uma mensagem de correio.

3) SMTP – o SMTP é definido no RFC 2821 e é o protocolo que transfere (envia) mensagens de servidores de correio remetentes para servidores de correio destinatários.

 

2.1 Protocolo SMTP

O SMTP é mais antigo que o HTTP, seu RFC é datado de 1982, mas já existia antes disso. Apesar das inúmeras qualidades, o SMTP é uma tecnologia antiga possuindo assim algumas características arcaica como restrição do corpo de todas as mensagens de correio ao simples formato ASCII de 7 bits. Essa limitação representa um inconveniente nos dias atuais onde temos grandes volumes de dados sendo anexadas as mensagens. Assim, uma mensagem multimídia precisa ser codificada em ASCII antes de ser enviada pelo SMTP e, por conseqüência, ser decodificada novamente para o sistema binário depois do transporte pelo SMTP.

Vale ressaltar que o HTTP não exige que os dados de multimídia sejam codificados em ASCII antes da transferência. Normalmente, o SMTP não usa servidores de correio intermediários para enviar correspondência, mesmo quando os dois servidores estão localizados em lados opostos do mundo.

O protocolo SMTP tem muitas semelhanças com os protocolos usados na interação humana. Primeiramente, o cliente SMTP (hospedeiro do servidor de correio remetente) estabelece através do TCP uma conexão na porta 25 com o servidor SMTP (hospedeiro do servidor de correio destinatário). Caso o servidor não esteja em funcionamento, o cliente tenta novamente mais tarde. Uma vez estabelecida a conexão, o servidor e o cliente trocam alguns procedimentos de apresentação de camada de aplicação – podemos dizer que os servidores (remetente e destinatário) se apresentam antes de transferir informações. Após a apresentação (onde ocorre a apresentação dos endereços de e-mail de remetente e do destinatário) o cliente envia a mensagem. O SMTP pode contar com o serviço confiável de transferência de dados do TCP para entregar a mensagem ao servidor sem erros.

As informações periféricas (From, To, Subject) estão contidas em uma série de linhas de cabeçalho definidas no RFC 822. As linhas de cabeçalho e o corpo da mensagem são separados por uma linha em branco, No RFC encontra-se especificado o formato exato das linhas de cabeçalho e das mensagens (para enviar textos no formato ASCII), bem como suas interpretações semânticas. Para enviar conteúdo que não seja texto ASCII o agente de usuário remetente deve incluir cabeçalhos adicionais na mensagem. Esses cabeçalhos extras são definidos no RFC 2045 e no RFC 2046, que são as extensões do RFC 822 referentes ao MIME (Multipurpose Internet Mail Extensions – extensões multiuso do correio da Internet).

Exemplo de comunicação entre servidores para envio e recebimento de e-mails:

Servidores de correio

Ø  Caixa de correio contém mensagens de chegada (ainda não lidas) p/ usuário

Ø  Fila de mensagens contém mensagens de saída (a serem enviadas)

Ø  Protocolo SMTP entre servidores de correio para transferir mensagens de correio

§  Cliente: servidor de correio que envia

§  “servidor”: servidor de correio que recebe

 

2.2 Protocolo POP3

O POP3 é um protocolo de acesso de correio exatamente simples sendo definido no RFC 1939. Apresenta funcionalidade bastante limitada pelo fato de ser um protocolo simples. O POP3 começa quando o cliente (agente usuário) abre uma conexão TCP com o servidor (servidor de correio) na porta 110. Com a conexão TCP ativada, o protocolo passa por três fases: autorização, transação e atualização:

1) autorização – o cliente envia o nome de usuário e a senha;

2) transação - recupera mensagens. Nessa fase o agente usuário pode marcar mensagens que devem ser apagadas, remover essas marcas e ainda, obter estatísticas do correio;

3) atualização – ocorre após o cliente ter dado o comando quit que encerra a sessão POP3. É nesse momento que o servidor apaga as mensagens que foram marcadas.

Em uma transação POP3, o agente de usuário envia comandos e o servidor envia uma resposta para cada um deles. Durante uma sessão POP3 entre cliente e o servidor, o servidor POP3 mantém alguma informação de estado, em particular, monitora as mensagens de usuário marcadas para apagar. Contudo não mantém informação de estado entre sessões POP3. Essa falta de informação simplifica a implementação de um servidor POP3.

 

2.2.1 Comandos POP

 

§  USER NAME:

§  Argumento: um string identificando o “mailbox”, o qual tem significado apenas para o servidor

§  Usado apenas na fase AUTHORIZATION depois da mensagem de boas-vindas do POP3, ou depois de um USER ou PASS com sucesso

Ø  POSSÍVEIS RESPOSTAS:

§  +OK name is a valid mailbox

§  -ERR never heard of mailbox name.

Ø  EXEMPLO

§  C: USER joao S: +OK user name accepted. Send password.

§  ...

§  C: USER zeca

§  S: -ERR sorry, no mailbox for zeca here

 

 

 

Conclusão

Ao Concluirmos o trabalho sobre os protocolos POP3(Post Office Protocol) e   SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) que atuam na camada de aplicação possuem funções especificas. No protocolo POP3, sua função é ter acesso remoto a caixa de correio eletrônico. Esse protocolo funciona off-line, ligação TCP (aplicação cliente) e servidor(caixa correio), usa transmissão seqüencial, utilizador autentica-se(lê e processa mensagens off-line), o que na prática identificamos como utilidade a função de ler e-mails.

Já a SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) é o protocolo padrão para envio de e-mails através da Net e atua também na camada de aplicação.Para testar esse protocolo usa-se o programa telnet.

O funcionamento do SMTP é simples e serve para transferência de mensagens (usuários validados), usa a porta 25 na rede TCP, aumenta seu desempenho quando os hosts ficam ligados permanentemente.

Servidores exim, Qmail e Microsoft Exchange Server por exemplo são SMTP, mas o SMTP só serve para envio de mensagens, para descarregar mensagens de um servidor usa-se o POP3/IMAP.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

Boletim Informativo

Próximos Eventos

No current events.

Indicar Site



Acesso Restrito

Apoio

Banner

Publicidade

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

Copyright © 2012 GuiaFar. Todos os direitos reservados.